O que é CBD: Entendendo a substância derivada da planta canabinóide


Em meio à crescente popularidade e discussão sobre o uso de produtos derivados de cannabis, surge uma dúvida frequente: o que é CBD? Conhecido como Cannabidiol, o CBD é um dos principais componentes encontrados na planta de cannabis, também presente na maconha e no cânhamo. A substância vem ganhando destaque devido aos seus notáveis benefícios terapêuticos e aplicações médicas.

O que são os canabinoides?

Antes de entendermos o que é CBD, precisamos compreender a origem deste componente: os canabinoides. Os canabinoides são compostos químicos presentes na planta de Cannabis Sativa, que atuam diretamente no sistema endocanabinoide do nosso organismo. Existem mais de 100 tipos diferentes de canabinoides conhecidos até o momento, sendo o CBD e o THC (tetrahidrocanabinol) os mais famosos e estudados.

O sistema endocanabinoide

O sistema endocanabinoide é um conjunto complexo de receptores e neurotransmissores responsáveis por regular diversas funções no corpo humano, como dor, inflamação, humor, sono, memória e apetite. Os canabinoides interagem com esses receptores – chamados de CB1 e CB2 – promovendo diversos efeitos fisiológicos e bioquímicos.

Origem e extração do CBD

Embora seja encontrado tanto na maconha quanto no cânhamo, a principal fonte de extração do CBD para fins terapêuticos é o cânhamo. Isso se deve ao fato de que esta planta possui uma concentração mais elevada de CBD e muito baixa de THC – o canabinoide responsável pelos efeitos psicoativos associados à cannabis.

A extração do melhor óleo CBD pode ser feita por diversos métodos, entre os quais destacam-se: extração com solventes, como CO2 supercrítico; extração a frio, usando óleos vegetais; e destilação a vapor. Cada técnica apresenta vantagens e desvantagens em termos de qualidade, pureza e segurança do produto final.

Relacionado  CBD: para que serve esta substância?

Benefícios e aplicações terapêuticas do CBD

Ao longo das últimas décadas, um crescente número de pesquisas tem evidenciado os benefícios do uso do CBD para diversas condições médicas e sintomas. Dentre os principais, podemos citar:

  • Alívio da dor e inflamação: O CBD atua nos receptores CB1 e CB2 do sistema endocanabinoide, reduzindo a percepção da dor e combatendo processos inflamatórios.
  • Propriedades ansiolíticas e antidepressivas: Estudos indicam que o CBD possui efeitos semelhantes aos de medicamentos utilizados para tratar ansiedade e depressão, sem os efeitos colaterais associados a esses fármacos.
  • Controle de convulsões e epilepsia: O CBD tem se mostrado eficaz no controle de crises epilépticas, especialmente em casos refratários aos tratamentos convencionais.
  • Tratamento do câncer: O CBD apresenta propriedades antitumorais, podendo auxiliar na redução da proliferação de células cancerígenas e no alívio de sintomas relacionados à quimioterapia, como náuseas e vômitos.

Legações e uso seguro do CBD

Ao contrário do THC, o CBD não possui efeitos psicoativos nem potencial para causar dependência (fonte: FrutoProibido, últimas notícias sobre Cannabis e CBD). No entanto, a regulamentação sobre o uso de produtos à base de CBD varia entre os países e mesmo dentro de diferentes estados e regiões. Em muitos lugares, o uso terapêutico do CBD é permitido, desde que respeitadas as normas estabelecidas pelas autoridades locais.

Mas, onde comprar CBD? A fim de garantir a segurança e eficácia do tratamento com CBD, é fundamental optar por produtos certificados e de qualidade, bem como seguir as orientações de um profissional de saúde especializado no tema. Dosagens adequadas, formas de administração e possíveis interações medicamentosas devem ser levadas em consideração durante o uso desta substância promissora.